A MÍDIA (IN)IMAGINÁVEL

3 de fevereiro de 2016

por
Planejamento na Seven Comunicação Total

Neste mês de janeiro aconteceu a Consumer Electronic Show 2016, em Las Vegas. E nós acompanhamos daqui as principais tendências e inovações para os próximos anos.

Em meio a tanta informação, um fato chama a atenção e impacta diretamente o futuro da nossa profissão: o crescimento exponencial do número de telas com as quais nos relacionamos.

Nos relógios em nossos pulsos, nas geladeiras em nossas cozinhas, Smart TVs, displays inteligentes em lojas, porta-retratos eletrônicos. Tudo conectado e interligado em rede.

A tendência é que isso se expanda para uma série de telas dobráveis, superfícies transparentes tão finas quanto papel, hologramas projetados, para-brisas dos nossos carros…  Essas telas estão se tornando cada vez mais finas, eficientes e baratas.

O fato é que isso aumenta de forma impensável o número de mídias e locais a serem utilizados. Todos os momentos tornam-se exploráveis através de telas digitais.

Com todas essas telas conectadas e a compra de mídia seguindo um caminho automatizado e segmentado, podemos esperar inúmeras possibilidades de interação e distribuição personalizada da comunicação.

Deixe uma resposta

VOLTAR